header top bar

section content

VÍDEO: Médica de Ipaumirim-CE fala sobre riscos que o uso da Cloroquina e Ivermectina podem trazer

Segundo a profissional de saúde, a situação da pandemia no Brasil está um caos devido as atitudes do presidente da república como por exemplo, incentivar o uso desses medicamentos como combate a Covid-19.

Por Luiz Adriano

09/04/2021 às 18h57 • atualizado em 09/04/2021 às 18h58

A medica, Dra. Lorena Nery, concedeu uma entrevista à TV Sul Cariri, afiliada da TV Diário do Sertão, no Ceará, nesta quinta-feira (08) e falou sobre os riscos que o uso da Cloroquina e da Ivermectina no combate ao novo Coronavírus pode trazer à vida das pessoas. Segundo a profissional de saúde, a situação da pandemia no Brasil está um caos devido as atitudes do presidente da república como por exemplo, incentivar o uso desses medicamentos como combate a Covid-19.

“Vários e vários estudos já comprovaram que a Cloroquina e a Ivermectina não são eficazes no vírus. A cloroquina é um medicamento que se você usar em muita repetição, você pode ter uma fibrilação atrial que é uma alteração que vai ficar lento o seu coração, e o coração ficando lento, vai levar você a uma parada”, explicou a médica.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Médico cajazeirense fala sobre medicações usadas para tratar pacientes com a Covid-19

Drª Lorena é natural de Ipaumirim-CE e atua nas cidades de Barro, Lavras da Mangueira e Baixio, no Ceará e Nazarezinho na região de Sousa, no Sertão paraibano. (Foto: Divulgação).

Quanto à Ivermectina, a doutora disse que é uma medicação que é usada para parasitose. Ela falou dos riscos de tomar o medicamento por um período de tempo prolongado. Segundo Lorena, são apenas três dias que deve ser usado o remédio, passando disso, a pessoa corre risco, devido ser “metabolizado no fígado”. “Se passar mais do tempo usando, você vai ter um Cirrose Hepática ou você pode ir até para fila de transplante de fígado”, detalhou.

Drª Lorena Nery é natural de Ipaumrim, na região do Centro-Sul cearense. Ela atua nas cidades de Barro, Lavras da Mangueira e Baixio, no Ceará e Nazarezinho na região de Sousa, no Sertão paraibano.

CEARÁ 1

DEDICAÇÃO

VÍDEO: Vereador homenageia professora de Umari uma dos autores de material didático do estado do Ceará

SINCERA

VÍDEO: Vereadora de Ipaumirim se arrepende de ter votado em Lei sobre Organizações Sociais

VENCEU O VÍRUS

VÍDEO: Pai de Gefferson Moura recebe alta hospitalar, após 45 dias de internação devido a Covid-19

DESUMANO

VÍDEO: Advogada questiona decisão que sentenciou casal de idosos para deixar residência em Patos

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!