header top bar

section content

VÍDEO: Devotos de São Sebastião comemoram seu dia e sobem escada com mais de 200 degraus, no Ceará

A TV Sul Cariri, afiliada da TV Diário do Sertão, fez a cobertura da festa do co-padroeiro da cidade e conversou com pároco, padre Benedito Evaldo

Por Redação Ceará 1

20/01/2022 às 19h41 • atualizado em 21/01/2022 às 10h36

A TV Sul Cariri, afiliada da TV Diário do Sertão, fez a cobertura da festa religiosa do co-padroeiro da cidade de Ipaumirim, no Centro-Sul cearense. Esta quinta-feira, dia 20 de janeiro, é o dia em que se comemora o santo católico e diversos fiéis tanto do município quanto de regiões vizinhas, participam da festividade.

A estátua de São Sebastião fica em cima de uma pedra e os devotos sobem mais de 200 degraus até chegar ao lugar da imagem, onde muitos deles dizem receber os milagres e chegam para pagar as promessas. O local é conhecido como ‘A Pedra de São Sebastião’.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Festa de Nossa Senhora Aparecida atrai peregrinos e potencializa turismo religioso em Boqueirão

Ao todo, são mais de 200 degraus que os devotos sobem para pagar as promessas. (Foto: TV Sul Cariri).

Na igreja matriz na zona urbana de Ipaumirim, quatro missas foram realizadas durante o dia. O repórter Abelardo Jorge da TV Sul Cariri, conversou com o padre Benedito Evaldo, pároco da cidade de Ipaumirim. O sacerdote falou que por a festa ter sido realizadas de forma híbrida, ele sentiu muito por não poder acolher a quantidade de fiéis que desejaram participar da festa.

“As nossas portas estão abertas para acolher os fiéis que vem até a nossa igreja matriz… estamos com o coração dividido por assim dizer, em não poder acolher os nossos queridos romeiros”, disse o religioso.

Padre Benedito Evaldo, pároco de Ipaumirim. (Foto: TV Sul Cariri).

Origem

Os festejos em louvor à São Sebastião, em Ipaumirim, começaram por volta de 1919. A tradição oral reza que a moradora do Sítio Serrote, Maria Lúcia, devota do Santo, fazia caminhada diária para a pedra e, como resultado de uma graça alcançada, colocou uma imagem do Santo no morro. Caçadores encontraram a imagem e levaram-na para a capela na antiga Vila Lagoinha, que mais tarde passaria a ser Ipaumirim.

Sem que ninguém soubesse, Maria José reconduziu novamente a imagem para o morro. Isso repetiu-se várias vezes. Alguns acharam que era milagre o reaparecimento da imagem. Em 1920, o coronel João Augusto Lima instalou uma cruz de madeira no alto da pedra. A partir daí foram abertas trilhas e começou a romaria para o local.

Em 1957, foi inaugurada a Capela de São Sebastião, em cima da pedra. Em 2000, o município fez uma ampla reforma na área e instalou uma escadaria com corrimão e degraus em alvenaria. Os fiéis sobem e descem descalços os 204 degraus para pagar promessa. Outros fazem o percurso de joelhos.

Perseguição

Sebastião era um militar que prestava serviço em Milão quando começou a perseguição do Imperador Diocleciano, no Império Romano, aos cristãos.

Ao ser identificado como cristão, foi detido e forçado a negar sua fé. Ele recusou. Condenado à morte, teve seu corpo crivado de flechas, mas não morreu.

Foi condenado à morte uma segunda vez e veio a falecer somente no ano de 303.

Veja mais fotos:

CEARÁ 1

CULTURA

VÍDEO: Balanço Diário anuncia classificados de audições em Patos para próxima fase do Talentos do Sertão

VEREADORES

VÍDEO: Em lados opostos, Bruna Veras e Denis Formiga concordam que DAESA é o maior ‘gargalo’ de Sousa”

SOBRE BOLSONARO

VÍDEO: “Estamos enfrentando um adversário que representa o antiamor, a antipaz”, diz Lula em discurso

EM SOUSA

VÍDEO: Governo do Estado entrega equipamentos ao HRS e ex-secretário comenta sobre polêmica do tomógrafo

Recomendado pelo Google: