header top bar

section content

VÍDEO: Radialista deixa profissão para assumir cargo de professor concursado em cidade do Ceará

O 'Comunicador Emoção do Rádio' como se auto intitulava, contou sua trajetória no programa Balanço Ceará da TV Sul Cariri, apresentado pelo radialista Carlos Dias.

Por Juliana Santos

12/01/2021 às 15h28 • atualizado em 12/01/2021 às 16h30

O cearense e professor Cícero Pereira concedeu entrevista ao Balanço Ceará da TV Sul Cariri e falou sobre sua despedindo da função de radialista. Ele é formado em Letras pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) de Cajazeiras e deixou os microfones das rádios de Ipaumirim, no Ceará para assumir a função de professor, após passar em um concurso na cidade do Cedro, também no estado cearense.

Ao apresentador e também radialista Carlos Dias, Cícero Pereira contou sobre sua trajetória e do início da carreira no rádio. “Sempre ouvia rádio e gostava de área de comunicação fiz meu primeiro teste em uma rádio na cidade do Barro (CE), passei na primeira fase, mas segunda não, devido uma falha de comunicação” , detalhou.

VEJA TAMBÉM

Show de Calouros agita final de semana com apresentações de cantores de Piseiro e Evangélicos

Após mudar para Ipaumirim, Cícero tentou novamente e conseguiu trabalhar em várias rádios, uma delas a Caban FM, onde durante quase seis anos, fez um programa que iria ao ar das 06h às 08h e era conhecido como o ‘Comunicador Emoção do Rádio’, devido as poesias que declamava.

Mas até passar no concurso para professor, o comunicador fez mais de 20 concursos em várias cidades da região. “Estou como professor desde 2014 e gosto do meu trabalho”, contou.

Natural da cidade do Barro, no estado do Ceará, Cícero Pereira é professor e radialista, já morou no Pará, depois em Ipaumirim, onde morou por muitos anos. Agora trabalha e mora na cidade do Cedro.

Cícero assumiu o cargo de professor desde 2014. (Foto: Reprodução TV Sul Cariri).

CEARÁ 1

CLIMA TENSO

VÍDEO: Vereador acusa irmão do prefeito de Sousa de tê-lo intimidado com dedo no olho: “Não tenho medo”

PARCERIA

VÍDEO: Mais FM vai transmitir debate do Sistema Diário do Sertão com candidatos ao Governo do Estado

VARÍOLA DOS MACACOS

VÍDEO: Hospitais do Sertão serão referências em casos de necessidade de internação da Monkeypox

TEMA IMPORTANTE

VÍDEO: “O assistencialismo não contribui para a transformação social”, diz gestor de projetos

Recomendado pelo Google: