header top bar

section content

Torcedor morre em hospital 2 dias após de ter sido agredido por grupo ao voltar de jogo no Ceará

Segundo o irmão, a vítima voltava do jogo Ceará x São Paulo quando foi espancada por torcedores rivais. O adolescente foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Por G1 CE

27/11/2019 às 08h19 • atualizado em 27/11/2019 às 20h59

Torcedor Otoniel Fialho, de 15 anos, morreu no hospital diás após ser agredido por grupo com camisa de torcida organizada rival. (Foto: Arquivo pessoal)

Um adolescente de 15 anos, identificado como Othoniel Sousa Fialho, torcedor do Ceará, morreu nesta terça-feira (26), dois dias depois de ter sido agredido com barras de ferro e pauladas, no Bairro Canindezinho, em Fortaleza. Segundo o irmão da vítima, por volta de 22h do domingo (24), Othoniel e três amigos voltavam do jogo Ceará x São Paulo, quando foram abordados por um grupo de homens assim que desceram de um ônibus.

“Tinham dois carros estacionados próximo à parada de ônibus. Os agressores saíram dos veículos trajando camisas de uma torcida organizada rival. Os três amigos conseguiram correr e fugir, mas o meu irmão foi agredido pelos homens com barras de ferro e pauladas na região da cabeça”, relatou. O grupo fugiu em seguida.

Na mesma noite, outro adolescente, de 14 anos, foi espancado e assaltado por um grupo de cinco pessoas que se identificaram como membros de uma torcida organizada. A vítima estava acompanhada do pai e da namorada na Avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza, a caminho da Arena Castelão. Os suspeitos foram capturados e o jovem hospitalizado.

Traumatismo craniano
No caso de Othoniel, minutos depois da agressão, parentes receberam uma ligação da polícia informando sobre o caso e foram para o local onde a vítima se encontrava. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou o jovem para o Hospital Instituto Doutor José Frota, onde esteve internado por dois dias. Ainda de acordo com a família, o rapaz teve traumatismo craniano, apresentava coágulo na região do cérebro. Após uma queda de pressão o estado de saúde piorou e ele morreu por volta de meio-dia desta terça-feira.

A família decidiu realizar a doação dos órgãos. O velório acontece nesta quarta-feira (27) em uma igreja localizada em frente à casa dos pais do garoto, no bairro Canindezinho, onde ele morava.

“Ele estudava, gostava de futebol, jogava na escolinha do Ceará e adorava ir para os jogos do time. Nunca se envolveu em briga, em confusão, nunca deu sequer um tapa em alguém. Era uma pessoa altamente tranquila”, disse o familiar.

Um boletim de ocorrência foi registrado no 22º Distrito Policial, responsável pelas investigações do caso. Segundo a família, os suspeitos já foram identificados e são considerados foragidos.

Fonte: G1 CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/11/26/torcedor-morre-em-hospital-2-dias-apos-de-ter-sido-agredido-por-grupo-ao-voltar-de-jogo-em-fortaleza.ghtml

Recomendado para você pelo google

DESTAQUE

VÍDEO: Projeto de microcrédito coordenado por cajazeirense vence prêmio internacional em São Paulo

SE SENTINDO TRAÍDO

VÍDEO: Ricardo cita nomes responsáveis por racha e rejeita amizade com João: “Está na página deplorável”

FIM DO SONHO?

VÍDEO: Membro do comitê pede explicações sobre a não entrega do projeto do HU do Sertão dentro do prazo

VÍDEO

Júnior promete apoiar Denise para disputar prefeitura de Cajazeiras e denuncia gestão de Zé Aldemir