header top bar

section content

VÍDEO: Vice-prefeito de Juazeiro do Norte diz que não furou fila da vacinação e justificou doses tomadas

Giovani Sampaio disse que a polêmia de suposta fura fila é fake news e segundo ele, provou diante do Ministério Público que é da linha de frente da Covid-19.

Por Luiz Adriano

27/04/2021 às 18h29 • atualizado em 27/04/2021 às 18h34

O vice-prefeito de Juazeiro do Norte, da região Cariri do Ceará, Giovani Sampaio (PSD), concedeu uma entrevista ao programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão e disse que o comentário que houve de que ele teria furado a fila da vacina contra a Covid-19 se trata de fake news.

O político que também é médico foi imunizado com as duas doses da vacina, no entanto, ele deu detalhes de como e de onde é seu trabalho na linha de frente da pandemia. “Saiu uma fake news aqui nas redes sociais dizendo que eu havia furado a fila por ser vice-prefeito da cidade. Na verdade, eu sou médico, trabalho na cidade vizinha, minha terra natal, na unidade Covid da cidade de Jardim, trabalhando na atenção básica, fazendo os primeiros diagnósticos, encaminhando, na campanha de vacinação daquela cidade. E tanto poderia tomar a vacina lá como aqui que trabalho no Hospital São Lucas fazendo as cirurgias, opero semanalmente no hospital, dou muito auxílio na UPA 24 horas no bairro Limoeiro aqui em Juazeiro”, explicou.

VEJA TAMBÉM

VÍDEO: Diretor do Hospital Regional de Cajazeiras diz que não houve fura fila na vacina da Covid-19

Vice-prefeito de Juazeiro do Norte em entrevista ao programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão.

Giovani disse que o Ministério Público mandou um ofício à Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte pedindo provas de seu trabalho. Segundo ele, de prontidão, foi enviada toda documentação, inclusive com vídeos das cirurgias e contratos públicos de prestação de serviço na unidade Covid de Jardim.

O médico disse que, quem fura fila deve sim ser punido de acordo com a Lei. “Quem realmente fura fila sem nenhuma justificativa deve prestar conta com a Justiça. De acordo com o entendimento do Ministério Público, da Justiça brasileira, a pessoa deve responder pelos seus atos”, pontuou.

DIÁRIO DO SERTÃO

DEDICAÇÃO

VÍDEO: Vereador homenageia professora de Umari uma dos autores de material didático do estado do Ceará

SINCERA

VÍDEO: Vereadora de Ipaumirim se arrepende de ter votado em Lei sobre Organizações Sociais

VENCEU O VÍRUS

VÍDEO: Pai de Gefferson Moura recebe alta hospitalar, após 45 dias de internação devido a Covid-19

DESUMANO

VÍDEO: Advogada questiona decisão que sentenciou casal de idosos para deixar residência em Patos

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!