header top bar

section content

Ossada encontrada em Chorozinho é de gerente de banco de Ocara que estava desaparecido, diz polícia

Um homem suspeito de envolvimento na morte do gerente foi preso temporariamente.

Por G1 CE

22/05/2019 às 13h25

Gerente estava desaparecido

A Polícia Civil do Ceará informou nesta quarta-feira (22) que um exame de DNA confirmou que a ossada encontrada no dia 16 de maio deste ano em Chorozinho é de Wagner Santos Moraes (34), funcionário de uma agência bancária situada em Ocara, que estava desaparecido desde o dia 12 deste mês. Um suspeito da morte do gerente foi preso temporariamente.

A ossada foi encontrada carbonizada perto de documentos de identificação que eram de Moraes.

A polícia localizou, no último dia 15 deste mês, o veículo do gerente incendiado, no município de Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Os detalhes da prisão de um suspeito e da investigação não serão divulgados para não comprometer o trabalho policial, de acordo com a secretaria da Segurança do Ceará.

As investigações sobre o caso estão a cargo do Departamento de Polícia do Interior Norte (DPI –Norte) e a delegacia de Ocara e Regional de Baturité.

Identificação do corpo
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a identificação aconteceu a partir da análise dos ossos pelo setor de Antropologia Forense da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) – da Pefoce -, que identificou uma placa intervertebral contendo uma numeração que corresponde aos exames de raio-X trazidos pela família do gerente bancário. Também foi realizado um exame de DNA que confirmou tratar-se da vítima.

Natural do Espírito Santo
Moraes, 34 anos, era natural do Espírito Santo e trabalhava em Ocara desde 2015. A namorada do gerente, Cleiciane Souza, afirmou ao G1 há uma semana que Wagner foi visto pela última vez no domingo, dia 12 de maio pela manhã, quando saiu de casa com papéis nas mãos, bermuda, camisa polo cinza e chinelos.

Fonte: G1 CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/05/22/ossada-encontrada-em-chorozinho-e-de-gerente-de-banco-de-ocara-que-estava-desaparecido-diz-policia.ghtml

Recomendado para você pelo google

ESPORTE

VÍDEO: cidade da região de Sousa sedia competição de canoas com 27 competidores no açude de São Gonçalo

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Destacando a força da mulher, quadrilha junina é destaque no Arraiá Unificado no Vale do Piancó

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”