header top bar

section content

Após 2 anos estudando juntas para o Enem, mãe e filha fazem prova com mesmo objetivo no Ceará

As duas fazem o exame no mesmo local de prova, na Universidade Estadual do Ceará

ENEM 2019 – DOMINGO (3) – FORTALEZA (CE) Sara, de 20 anos, e sua mãe, Ruth Ester, 54 anos, tentam o Enem pela segunda vez — Foto: José Leomar/Sistema Verdes Mares

Após estudarem juntas durante dois anos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a doméstica Ruth Ester Costa de Santana Lacerda, de 54 anos, e sua filha, Sara Abigail, 20 anos, tem um objetivo em comum: trabalhar na área da saúde “para ajudar pessoas”. As duas realizaram a prova no mesmo local, na Universidade Estadual do Ceará (Uece), apenas em blocos diferentes.

As duas prestam o Enem pela segunda vez. Sara Abigail relata que a mãe foi a responsável por motivá-la com uma rotina de estudos. As duas chegaram a fazer o curso pré-vestibular da Uece para se prepara melhor para o Exame.

“Teve uma época que eu queria desistir. E aí, no ano passado, ela fez o Enem junto comigo para mostrar que eu consigo. E se não foi naquele ano, tenho outro para tentar de novo. Ela serviu de exemplo para mim. É muito bom ver uma mãe estudiosa, ela estuda comigo em casa e gente se ajuda”, explica.

Hoje, Sara pensa em cursar Fisioterapia para ajudar as pessoas. O interesse pela profissão surgiu após por uma cirurgia e ter necessitado da ajuda de um fisioterapeuta. “Eu me encantei pela área, porque fui bem cuidada. E eu quero cuidar de outras pessoas também”, afirma.

O sentimento de Sara é compartilhado por sua mãe, Ruth Ester, que deseja cursar enfermagem desde criança. “É um sonho, porque eu amo a profissão. Eu brincava com as bonecas de enfermeira quando era criança”, relata.

Para Ruth, todas as pessoas deveriam escolher a profissão por amor, e não por dinheiro, para serem bons profissionais. “O que eu mais quero é trabalhar com idosos, com pessoas carentes, porque são as que mais precisam. Eu acho que você não tem que fazer enfermagem por dinheiro, tem que ser por amor, dedicação”, narra.

VEJA TAMBÉM: 

Tema da redação do Enem surpreende professores

Enem é um dos principais intrumentos de acesso ao ensino superior

Inscritos

No Ceará, dos 294.994 candidatos inscritos, a maioria são mulheres, com 164.199 (55,7%) registros, têm de 21 a 30 anos (22,3%) e já concluiu o ensino médio (45,6%). O exame, principal forma de ingresso no ensino superior, apresentou uma redução de 10,48% no número de inscrições neste ano, frente aos 329.406 registros no estado, em 2018.

Fonte: Alessandra Castro e Theyse Viana, G1 Ceará - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/11/03/apos-2-anos-estudando-juntas-para-o-enem-mae-e-filha-fazem-prova-no-mesmo-local-no-ce-e-querem-trabalhar-na-area-da-saude.ghtml

Recomendado para você pelo google

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?

VÍDEO

Dra Paula fala sobre dificuldades na gestão do seu esposo em Cajazeiras e diz ser contra demissões