header top bar

section content

Professora de 24 anos morre ao bater veículo em poste em rodovia estadual do Ceará

Vítima estava sozinha no veículo e ficou presa às ferragens.

Por Ceará 1 com G1CE

02/09/2019 às 09h27

Emanuelly Almeida também era estudante de história (Foto: Reprodução)

Uma professora de 24 anos morreu após chocar o veículo que dirigia em um poste na CE-060, em Quixadá, Sertão Central do Ceará, neste domingo (1º). Ela estava sozinha no carro e ficou presa às ferragens.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ela foi identificada como Emanuelly Almeida. A vítima saía de Quixeramobim com sentido a Quixadá, conduzindo um veículo Volkswagen Golf.

Os Bombeiros foram ao local para retirar o corpo das ferragens, mas a remoção só foi possível com auxílio de um caminhão munck, que tem equipamento para movimentar e carregar grandes cargas, já que o poste estava sobre o veículo.

Samu, Perícia e Polícia Rodoviária Estadual também estiveram no local do acidente.

Nota de pesar
Além de professora de educação infantil, Emanuelly era estudante do curso de licenciatura em história da Universidade Estadual do Ceará (Uece), conveniada à Universidade Aberta do Brasil (UAB) em Quixeramobim.

A UAB publicou nota de pesar nas redes sociais e decretou luto de três dias. Nesta segunda-feira (2), não haverá expediente no Polo UAB Quixeramobim.

“Retornaremos às atividades normais terça-feira, dia 3. À Família de Emanuelly nossas orações e solidariedade”, diz a nota.

Fonte: Ceará 1 com G1CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/09/01/professora-morre-em-quixada-ao-bater-veiculo-em-poste-em-rodovia-estadual-do-ceara.ghtml

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas