header top bar

section content

Cabo da PM de Patos baleado em tentativa de assalto não resiste e morre em hospital de Campina Grande

O policial morreu exatamente no dia em que completava 40 anos de idade. O 3º BPM emitiu uma nota de pesar

Por Luiz Adriano

26/02/2022 às 09h28 • atualizado em 26/02/2022 às 09h52

O cabo Juliano tinha 40 anos de idade. (Foto: reprodução/redes sociais).

O cabo da PM Juliano Oliveira dos Santos, de 40 anos, que foi baleado por meliantes no último dia 12, durante um assalto em sua residência, não resistiu e veio a óbito às 19h10 da noite desta sexta-feira (25). O policial resistiu durante 13 dias internado, mas devido ao agravamento do quadro acabou falecendo. A morte foi confirmada pela assessoria da unidade hospitalar.

O policial foi alvejado por bandidos no bairro Belo Horizonte, na cidade de Patos, após os meliantes terem se aproximado de sua residência e quando um deles anunciou o assalto, a vítima teria corrido para dentro de casa e acabou sendo atingido por disparos de arma de fogo. De imediato a polícia foi acionada e em poucos instantes vários policiais chegaram no local e iniciou-se uma intensa troca de tiros. Os dois bandidos foram mortos durante o confronto.

VEJA TAMBÉM

Em Patos, dois assaltantes morrem durante troca de tiros com a Polícia Militar e um PM fica ferido

VÍDEO: Médico cirurgião explica estado de saúde do cabo da PM baleado por meliante na cidade de Patos

VÍDEO: Neurocirurgião diz que projétil ficou alojado na coluna do cabo da PM baleado na cidade de Patos

O cabo Juliano foi socorrido às pressas para o Hospital Regional de Patos, mas devido ao seu estado grave, ele teve que ser transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Conforme o neurocirurgião Dr. Alysson Pascoal, em vídeo compartilhado pela assessoria da unidade hospitalar no último dia 14, o paciente evoluía de forma positiva e teria sido extubado naquela manhã, no entanto ele esclareceu que o caso era considerado grave, visto que a bala estava alojada entre duas vértebras. Nos dias posteriores devido a um pedido da família, as notícias de atualização do estado de saúde do paciente não foram mais divulgadas.

O cabo Juliano Oliveira dos Santos ingressou na Polícia Militar da Paraíba no ano de 2002 aos 20 anos de idade. Ele faleceu exatamente no dia em que completava 40 anos.

O 3º BPM de Patos emitiu uma nota de pesar pela morte do cabo, confira na íntegra:

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO

VÍDEO: Jornalista e ativista político acreditam que Lula encara debates e que Bolsonaro foge do embate

SECRETÁRIO FOI AO LOCAL

VÍDEO: Moradores de comunidade rural em Santa Cruz denunciam situação precária em cemitério

CLIMA TENSO

VÍDEO: Vereador acusa irmão do prefeito de Sousa de tê-lo intimidado com dedo no olho: “Não tenho medo”

PARCERIA

VÍDEO: Mais FM vai transmitir debate do Sistema Diário do Sertão com candidatos ao Governo do Estado

Recomendado pelo Google: