header top bar

section content

Corpo encontrado carbonizado e enterrado em quintal de casa é de professora desaparecida no Ceará

Suspeito é marido da vítima e foi preso após confessar o crime; Casal estava junto há 14 anos e tinha quatro filhos.

Por Por Paulo Martins e Lena Sena, G1 CE

25/07/2019 às 10h29 • atualizado em 25/07/2019 às 11h00

Suspeito é marido da vítima e foi preso após confessar o crime; Casal estava junto há 14 anos e tinha quatro filhos. Foto: Arquivo pessoal

Um homem foi preso na noite desta quarta-feira (24) suspeito de matar a própria mulher e enterrar o corpo no quintal de casa, em Acaraú, no Ceará. A vítima, que estava desaparecida desde o dia 14 de julho, foi encontrada carbonizada nos fundos da residência.

O corpo foi recolhido ainda na noite de quarta e levado para o núcleo da Perícia Forense de Sobral, onde familiares reconheceram que se tratava da professora Maria Ticiane Ferreira Nascimento, de 26 anos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o companheiro de Ticiane, que havia registrado um Boletim de Ocorrência pelo desaparecimento da mulher no dia 16 de julho, confessou o crime e alegou que a motivação foi uma suposta traição.

Diante da confissão do crime, um mandado de prisão foi decretado contra o suspeito, que foi detido e levado para o Complexo de Delegacias Especializadas, em Fortaleza, onde permanece à disposição da Justiça.

Quatro filhos
A professora Maria Ticiane Ferreira Nascimento e o acusado estavam juntos há 14 anos e tinham quatro filhos, de 11 anos, 10 anos, 5 anos e 3 anos.

De acordo com Santana Maria dos Santos Nascimento, tia da vítima, no dia do desaparecimento, o marido da vítima chegou na casa dos familiares de Ticiane, em Acaraú, de manhã bem cedo, com os filhos do casal. “A gente perguntou pela Ticiane e ele disse que ela tinha saído e ele não tinha conseguido falar com ela”, afirma.

Santana Maria relata que ao longo do dia a professora não apareceu e os familiares ficaram questionando o acusado. “A gente ficou fazendo perguntas e ele disse que a Ticiane tinha ido embora de casa levando roupas e dinheiro”.

Conforme a tia da jovem, os dias foram passando e a família começou a desconfiar da versão do suspeito, já que a vítima havia deixado todos os documentos em casa. “Cheguei a perguntar a ele porque não ia procurar descobrir o paradeiro da Ticiane e ele só respondia que não deixaria de trabalhar para ir em busca da mulher que poderia estar com outro”, enfatizou.

Segundo Santana, após prestar depoimentos na delegacia de Acaraú, o marido da sobrinha confessou o crime. “A gente não esperava que isso fosse acontecer, pois eram um casal unido e a família estava sempre junta”.

Os familiares descrevem Maria Ticiane como uma pessoa alegre, que tinha muitos amigos e zelava pelos filhos. A jovem trabalhava em duas escolas da cidade de Acaraú.

Fonte: Por Paulo Martins e Lena Sena, G1 CE - https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2019/07/25/corpo-encontrado-carbonizado-e-enterrado-em-quintal-de-casa-e-de-professora-desaparecida-no-ceara.ghtml

Recomendado para você pelo google

AGRESSÃO AO MEIO AMBIENTE

VÍDEO: Após lutar contra fogo em serra, padre faz alerta sobre queimadas ‘criminosas’ em Cajazeiras

COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

VÍDEO: Prefeitura de Cajazeiras abre campanha Outubro Rosa com entrega de mamógrafo para a população

ECONOMIA

VÍDEO: Mensagem Empresarial recebe empresário José Kennedy e debate sobre o setor calçadista no Brasil

JUSTIÇA

VÍDEO: Xeque Mate promove debate entre promotor e advogado sobre nova lei de abuso de autoridade