header top bar

section content

Delegado diz que cajazeirense morto era investigado por estupro a menor e descarta assalto: “Executado”

O corpo do cajazeirense foi encontrado na noite dessa segunda-feira (17), às margens da PB 417, que liga a BR 230 a cidade de Bom Jesus.

Por Luzia de Sousa

19/09/2018 às 08h11 • atualizado em 19/09/2018 às 08h38

Homem foi encontrado morto na rodovia de Bom Jesus

O delegado Francisco Filho (Dr. Filho), em entrevista à imprensa local nessa terça-feira (18) falou sobre a morte do cajazeirense Damião Fernandes Duarte (Neném de Dadá), 46 anos, residente no Distrito de Aroeira município de Ipaumirim, Estado do Ceará.

+ Cajazeirense é encontrado morto com marcas de tiros às margens de rodovia; ele retornava para casa

O corpo do cajazeirense foi encontrado na noite dessa segunda-feira (17), às margens da PB 417, que liga a BR 230 a cidade de Bom Jesus, Sertão da Paraíba com marcas de tiros.

Dr. Filho descartou a hipótese de assalto e afirmou que se trata de um crime de execução.

”Ele foi executado pouco antes do local onde foi encontrado o corpo“, disse o delegado.

Segundo o delegado, Neném de Dadá era investigado por suposto estupro a menor de idade, porém ele ainda não tinha sido indiciado.

Ouça áudio do Folha do Vale!

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras