header top bar

section content

Torcedor do Fortaleza, professor de Cajazeiras diz que clubes do Nordeste são as maiores vítimas do VAR

Ele critica fraudes nesse novo sistema de arbitragem e afirma que clubes com menor poder econômico são os mais prejudicados

Por Tanammy Freire

07/11/2019 às 18h03 • atualizado em 07/11/2019 às 18h05

A tecnologia tem sido forte aliada no auxílio de decisões futebolísticas. A criação do sistema de árbitro de vídeo conhecido como VAR (do inglês Video Assistant Referee) é exemplo disso. Esse sistema tem como finalidade auxiliar o árbitro em suas decisões, principalmente naquelas que poderiam modificar totalmente o resultado de um jogo.

Mas Gildemar Pontes teceu críticas à funcionalidade dessa ferramenta, que ainda sofre interferência humana, ocasionando alguns erros e favorecendo alguns clubes.

Ele esclareceu também os motivos dos erros cometidos nesse sistema de arbitragem, porque, segundo ele, os times do Nordeste são os mais prejudicados em relação aos demais, e porque os clubes com maior poder econômico são os mais favorecidos.

O comentarista compara as fraudes que ocorrem no Brasil em relação a outros países e explica a relação entre o mau uso das ferramentas tecnológicas com a falta de educação e de conscientização da ética.

VEJA TAMBÉM

Gildemar questiona por que Exército ignora sinais de que clã Bolsonaro se envolve com milícias

Redação DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?

VÍDEO

Dra Paula fala sobre dificuldades na gestão do seu esposo em Cajazeiras e diz ser contra demissões