header top bar

section content

Com nova empresa, obras no Eixo Norte da transposição são retomadas, diz ministro na PB

Empresa anterior desistiu do contrato por dificuldades financeiras, diz ministro.

Por G1PB

05/05/2018 às 09h30 • atualizado em 04/05/2018 às 21h50

Obras no Eixo Norte da Transposição

Uma nova empresa foi contratada para realizar as obras do Eixo Norte da Transposição das Águas do Rio São Francisco e os trabalhos devem ser retomados imediatamente, segundo afirmou o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, durante um evento em João Pessoa, nesta sexta-feira (4). A obra deve beneficiar cidades do Sertão da Paraíba.

Ainda de acordo com o ministro, mais de 1.200 profissionais estarão em campo nas próximas semanas para garantir que as águas cheguem ao Ceará até o mês de agosto. Para acelerar o cronograma, várias frentes de serviço serão abertas simultaneamente, inclusive em períodos de 24 horas.

Segundo o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, uma cópia do contrato e da ordem de serviço que foram assinados foram apresentados nesta sexta-feira (4) por Pádua Andrade durante reunião promovida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em João Pessoa.

Conforme explicou o ministro, foi necessário contratar nova empresa para retomar as obras do Eixo Norte da transposição porque a anterior desistiu do contrato por dificuldades financeiras. O novo contrato no valor de R$ 500 milhões foi assinado com o consórcio Ferreira Guedes – Toniolo, Busnello.

“Hoje, já temos cerca de 250 trabalhadores mobilizados no local. A construtora começará pelos pontos de obras mais complexos do trecho: a terceira estação de bombeamento (EBI-3) e o túnel Milagres. A EBI-3 é a maior estação elevatória de toda a Integração do São Francisco. São 90 metros de altura. É o equivalente a elevar o volume de água de uma piscina olímpica – a cada segundo – à altura de um prédio de 30 andares. Nossa expectativa é de acionar essa estrutura até o mês de junho”, afirmou o ministro Pádua Andrade.

Eixo Norte
O Eixo Norte da transposição começa no município de Cobrobó, em Pernambuco, onde ocorre a captação das águas do Rio São Francisco. De lá, o rio atravessa 260 quilômetros para beneficiar as populações de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Em solo paraibano, as obras desse trecho passam pelos municípios de Monte Horebe, São José de Piranhas e Cajazeiras.

Segundo Pádua Andrade, 96% das obras desse eixo já foram finalizadas e a partir de agora, será dado ritmo acelerado ao trabalho. A meta é que a última estação elevatória seja concluída em junho deste ano.

A entrega do eixo norte da transposição do Rio São Francisco deve garantir a segurança hídrica a mais de 7 milhões de pessoas de municípios localizados nesses quatro estados nordestinos.

Fonte: https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/com-nova-empresa-obras-no-eixo-norte-da-transposicao-sao-retomadas-diz-ministro-na-pb.ghtml

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula