header top bar

section content

COMOVENTE: 11 órfãos de mãe, irmãos chegam a fugir para matagal para escapar dos maus tratos do pai

Uma campanha foi realizada nas redes sociais para arrecadar alimentos, roupas e brinquedos, e a situação das crianças comoveu todo o estado.

Por Luzia de Sousa

09/02/2018 às 22h51 • atualizado em 09/02/2018 às 23h03

O município de Ipaumirim, no interior do Ceará parou para acompanhar a situação de 11 crianças. O pai é acusado de maltratá-las após a morte da mãe, chegando ao ponto delas fugirem de casa para um matagal.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE IPAUMIRIM

Segundo relatos do Conselho Tutelar, os maus tratos já aconteciam há algum tempo, após elas ficarem órfãs, quando a mãe foi acometida um câncer e faleceu. Esta semana os pequenos não suportaram mais e decidiram procurar ajuda.

O conselheiro tutelar, José Vicente explicou que órgão de proteção à criança foi acionado por volta das 22 horas dessa terça-feira (6), por vizinhos, dando conta que várias crianças procuravam ajuda e duas delas havia fugido para o mato, após o pai ameaçar uma ‘surra’ por o parabrisa do seu veículo aparecer quebrado.

José Vicente contou que somente depois de duas horas que procuravam as crianças, foi que os conselheiros juntamente com a Polícia Militar e os vizinhos conseguiram encontrá-las.

Na residência da família não tinha alimentos para as crianças

A situação em que as crianças se encontravam chocou até os conselheiros tutelares. José Vicente revelou que já tinha vivido muitas outras experiências, mas se emocionou com a história dos irmãos. “Essa vai marcar nossa história”.

O conselheiro tutelar, José Vicente se emocionou

As crianças viviam em uma casa simples no Sítio Novo, na zona rural de Ipaumirim, e após o pedido de ajuda, muitas pessoas se engajaram para mudar a realidade, a exemplo da Aniedina Pinheiro, que decidiu mobilizar nas redes sociais uma campanha.

A Técnica de Enfermagem, Aniedna Pinheiro explicou que tomou conhecimento da situação das crianças por sua mãe, que é Agente de Saúde, e iniciou uma campanha nas redes sociais.

A Técnica de Enfermagem, Aniedna Pinheiro iniciou a campanha

“Agente começou arrecadando alimentos. Deus é tão maravilhoso que muita gente se comoveu com a história e a gente conseguiu roupas, brinquedos e calçados”, contou Aniedna.

Os familiares maternos das crianças se mobilizaram após o ocorrido, e assim que a tia Ivonete Fernandes, que mora no município de São Bento, Sertão da Paraíba, soube foi ao encontro dos sobrinhos. Ela já tem três filhos e ficou na responsabilidade dos 11 sobrinhos.

A tia Ivonete Fernandes levou os irmão para a Paraíba

“De 2 horas da madrugada que encontraram os dois meninos deitadinhos no mato, dentro de um buraco”, contou a tia.

AJUDE E COMPARTILHE

Ivonete pediu ajuda para cuidar das crianças, quem puder ou quiser pode entrar em contato pelo telefone (83) 99918-5256 ou (88) 99774-6050.

Diante da repercussão do caso a Polícia Civil de Ipaumirim está ouvindo depoimentos de testemunhas para abrir inquérito policial contra o pai das crianças.

.

CEARÁ1

LANÇAMENTO

Festival Brasileiro de Cinema Espírita e Espiritualista foi destaque no programa Mensagem de Esperança

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Saiba como descobrir sua vocação profissional e ser bem-sucedido da universidade ao trabalho

NO PROGRAMA OLHO VIVO

VÍDEO: Com doença grave, homem faz apelo à 9ª Regional de Saúde em Cajazeiras por medicamento atrasado

QUATRO DIAS DE EVENTOS

VÍDEO: Secretário convida população para o Arte Agosto, que começa hoje em Cajazeiras; veja programação!